Seleccionar Página

2023 Comunicados de imprensa

 

Líderes inter-religiosos pedem ao Papa que inclua a bondade para com os animais na encíclica de 4 de outubro

Contactos para os meios de comunicação social:

  • Coordenador da Campanha Global do Tratado à Base de Plantas, Anita Krajnc, [email protected], +1 416-825-6080
  • Diretor de Comunicação do Plant Based Treaty, Nicola Harris, [email protected], +44 7597514343
  • In Defense of Animals, co-fundadora da Interfaith Vegan Coalition, Lisa Levinson, [email protected], 215-620-2130
  • Christians for Animals - Polónia, Prof. Barbara Niedzwiedzka, [email protected], +48 608 376 667

CIDADE DO VATICANO (21 de setembro de 2023) - A Coligação Inter-Religiosa Vegana "Em Defesa dos Animais e Tratado à Base de Plantas enviaram uma carta expressando sua esperança de que Papa Francisco inclua o tratamento compassivo dos animais que sofrem na pecuária na sua próxima encíclica ecológica, a 4 de outubro.

A carta é de mais de 50 pessoas e organizações religiosas que procuram melhorar as atitudes humanas em relação aos animais e à natureza para benefício de toda a vida na Terra. Esperam que o seguimento da Encíclica Laudato Si', que já ensina a humanidade sobre o valor intrínseco de todas as criaturas de Deus, defina a interação humana com os animais e a natureza como a causa principal das emergências climáticas e ecológicas que o nosso mundo enfrenta.

O Papa Francisco diz na Encíclica Laudato Si', parágrafo 221: "Lemos no Evangelho que Jesus diz das aves do céu que 'nenhuma delas é esquecida diante de Deus'. Como podemos então maltratá-las ou causar-lhes dano?" No entanto, todos os anos, milhares de milhões de galinhas são tratadas de forma horrível nas explorações industriais.

Os signatários alertam para o facto de que, mesmo que acabássemos hoje com a extração de combustíveis fósseis, as emissões de gases com efeito de estufa provenientes apenas do sistema alimentar provocariam um aumento da temperatura global superior a 1,5º C. As dietas à base de plantas, que resultam em 75% menos emissões de alimentos que aquecem o clima, poluição da água e utilização dos solos do que as dietas que contêm 100 gramas de carne por dia, devem fazer parte desta nova visão. As dietas à base de plantas podem também reduzir a destruição da vida selvagem em 66% e a utilização da água em 54%. Não pode haver ecologia integral sem reparar a nossa relação com os animais e a natureza, dizem os abaixo assinados.

A carta refere:

Temos de acabar com a nossa violência para com os animais e deixar de de os matar para comer em todo o lado onde as opções à base de plantas são possíveis e facilmente disponíveis. Não devemos Não devemos fazer com que os animais sofram e morram para nosso entretenimento, experiências científicas inúteis, desportos como a caça e a pesca, ou de qualquer outra forma. Somos chamados a mostrar misericórdia, compaixão e cuidado vivificante para com toda a criação de Deus.

Temos de dar um passo invulgarmente significativo na evolução da nossa moralidade e começar a ver os animais e a natureza como o seu Criador os vê. Esta é a única forma de cumprirmos a responsabilidade que nos foi encomendada, o dever de administração dos seres humanos para garantir que toda a vida floresça. Os animais de criação constituem 62% da biomassa mundial de mamíferos; os seres humanos representam 34%; e os mamíferos selvagens são apenas 4%. Temos de resolver este desequilíbrio e voltar a ligar a fé à preocupação com as criaturas de Deus. Tal como os primeiros santos que viviam em amizade com os animais e com toda a natureza, também nós precisamos de viver em paz com ela. Só então poderemos implementar de forma realista os ensinamentos papais sobre os cuidados a ter com a nossa Casa Comum.

Ler a carta completa e a lista completa de signatários aqui. A carta também está disponível em italiano e em polaco.

"A nossa Interfaith Vegan Coalition está animada com a preocupação do Papa Francisco pelo nosso ambiente e espera que a sua próxima Encíclica inclua a misericórdia para com os animais que sofrem nas quintas industriais que poluem o nosso planeta", diz Lisa Levinson, Coligação Inter-Religiosa Vegana Co-fundadora e Directora de Campanhas da Em Defesa dos Animais.

Nicola Harris, Directora de Comunicação do Tratado à Base de Plantascom a notícia de que seis das nove fronteiras planetárias foram violadas, pondo em risco a estabilidade da Terra, a necessidade de um sistema alimentar à base de plantas é mais urgente do que nunca".

Barbara Niedzwiedzka, de Cristãos pelos Animais - Polóniadiz: "Nas palavras de Albert Schweitzer, 'Enquanto não alargarmos o nosso círculo de compaixão a todos os seres vivos, a humanidade não encontrará a paz'. Gostaria de acrescentar que a atitude compassiva e misericordiosa de Jesus não deve ser aplicada apenas aos seres humanos, mas a todos os que são mais fracos e vulneráveis. Devemos ser para as outras criaturas o que Cristo é para nós. E, se não mudarmos rapidamente a nossa atitude para com os outros habitantes da Terra, se não deixarmos de os explorar de forma insensível e cruel, não impediremos a catástrofe climática e ambiental. Pereceremos todos, e Deus julgar-nos-á. À volta do trono do Juiz sentar-se-ão... animais".

Virginia Bell da Ação Católica pelos Animaisdiz: "Se aceitarmos a exortação de S. Francisco de Assis, 'Não magoar os nossos humildes irmãos (os animais) é o nosso primeiro dever para com eles, mas parar por aí não é suficiente. Temos uma missão mais elevada: estar ao serviço deles sempre que o exijam', então devemos tratar qualquer animal em necessidade como nosso próximo."

Em Defesa dos Animais criou a Coligação Vegana Inter-religiosa para ajudar os activistas dos animais e os líderes espirituais a levar os valores veganos às comunidades espirituais, éticas e religiosas. A coligação fornece ferramentas baseadas na fé para ajudar todas as tradições de fé e seculares a praticar os ideais de não-violência, bondade amorosa e inofensividade para com todos os animais. A coligação é composto por 43 organizações membros4 organizações aliadas, e uma organização parceira Aliança Inter-religiosa Animal que inclui 17 organizações, todas trabalhando em harmonia por uma causa comum.

Como complemento da CQNUAC/Acordo de Paris, o Tratado Fitossanitário tem como objetivo travar a degradação generalizada dos ecossistemas críticos causada pela agricultura animal, promover uma mudança para regimes alimentares mais saudáveis e sustentáveis à base de plantas e inverter ativamente os danos causados às funções planetárias, aos serviços ecossistémicos e à biodiversidade.

### NOTAS

Interfaith Vegan Coalition e Plant Based Treaty Carta ao Papa Francisco: 

Signatários da Interfaith Vegan Coalition:

O Tratado à Base de Plantas é uma iniciativa popular que apela aos governos nacionais para negociarem um tratado internacional de referência - o primeiro do género a colocar os sistemas alimentares no centro do combate à crise climática. www.plantbasedtreaty.org

Em Defesa dos Animais é uma organização internacional de proteção dos animais com mais de 250.000 apoiantes e uma história de 40 anos de luta pelos animais, pelas pessoas e pelo ambiente através da educação e de campanhas, bem como de instalações de salvamento práticas na Califórnia, na Índia, na Coreia do Sul e nas zonas rurais do Mississipi. www.idausa.org

A Coligação Inter-religiosa Vegana (IVC) ajuda os activistas da causa animal e os líderes espirituais a levar os valores veganos às comunidades espirituais, éticas e religiosas. A IVC fornece ferramentas para ajudar todas as tradições de fé e sabedoria secular a praticar os ideais de não-violência, bondade amorosa e inofensividade para com todos os animais. www.interfaithvegancoalition.org